Pular para o conteúdo principal

Máster 35 tem decisão neste domingo

Neste domingo (25/05) AABB e Guarani decidem o título do Amador de Ponta Grossa, categoria Máster que disputam os atletas acima com idade de 35 anos. A decisão será na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), às 10h30. A arbitragem será de Luis Marcelo casa Grande, auxiliado por Renato Sérgio Dutra e Romildo Freitas. 

Mais cedo às 8h45, Carambeí e Palmeiras decidem o terceiro e quarto lugar na competição. 

De acordo com o presidente da Liga de Futebol de Ponta Grossa, César Roberto Pitela, em caso de chuva as partidas serão canceladas. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Letra e áudio: Aprenda o Hino do Operário Ferroviário

Uca do técnico Kastilho vence de novo de goleada no Amador de Ponta Grossa

Duas rodadas, duas goleadas. Na manhã deste domingo (19), o União Campo Alegre marcou 7 a 0, no Palmeiras no Senador Flávio Carvalho Guimarães em um jogo em que o Uca foi superior durante os noventa minutos, se candidatando, apesar da 2ª rodada, a disputar o título do Campeonato Máster de Futebol Amador de Ponta Grossa. Na primeira rodada o União já venceu por placar elástico,  6 a 0 o Bom Sucesso. Com isso soma 13 gols marcados e nenhum sofrido em duas partidas. Os gols foram de Rafael, Cazu, Vicente, Victor Hugo, Carlos Henrique,  Geovani (contra) e Valtercir. A próxima rodada será após o carnaval, no dia 05/03. A forte equipe do técnico campeão Kastilho enfrentará o Carambeí no Estádio da Batavo. Já o Palmeiras irá ao André Mulaski enfrentar o Olinda. Confira os demais resultados da 2ª rodada: Carambeí   5×2  Bom Sucesso Olinda  1×3  América Parque do Café  0x5  Esportiva W3 AABB 4×2  Guarani DER  2×3  Clube Verde A JBMais transmitiu a partida entre Uca 7×0 Palmeiras. Os gols você…

Atlético-PR pressiona juiz em site: 'Não tente influenciar no resultado'

Descontentes com a escolha de árbitros do estado para a final do Campeonato Paranaense, o site oficial do Atlético-PR publicou uma carta aberta ao juiz Adriano Milczvski, sorteado quinta-feira (10) pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) para apitar o clássico final, domingo, no Couto Pereira. No texto, que não foi assinado, o pedido é que “não tente fazer parte da história do Coritiba”. A carta fala que a “arbitragem preocupa tanto atleticanos quanto coxas-brancas” e coloca o Atlético-PR como vítima de supostos erros de arbitragem nos últimos jogos entre os dois times. De forma irônica, também fala que “a nação alviverde não deseja, mais uma vez, carregar o estigma de que são favorecidos pelo apito”. Em tom de conversa, o texto pede para que o árbitro Adriano Milczvski “deixe não só a torcida atleticana em paz, mas deles (do Coritiba) também”. Por fim, o site do Atlético-PR apela para “que apite o jogo com justiça, não tentando influenciar no resultado”. Antes da primeira partida…